Pages

Linha de chegada


Linha de chegada


Me perdi por curvas e retas. A cada centímetro me apaixonava. Não sei se era a largada, a partida, o começo... Ou se era apenas o fim. Uma volta; de aquecimento, de reconhecimento, de testes...
Sentia a adrenalina de uma corrida. Mas sem pódio, sem primeiro ou último lugar. Apenas desejo de chegar. Não sei se no fim, ou nos seus lábios. Não sei se nos boxes, ao pódio ou em seu coração. Talvez esse seja o maior prêmio. Mas preciso de uma volta perfeita, sem erros, sem deslizes.
Nunca fui um piloto top de linha, nem tinha a melhor máquina. Mas sempre existe algo chamado superação. Se os pneus não ajudam, se o asfalto está sem aderência e sem o aquecimento necessário. Meu coração faz todo o trabalho. Pulsa, bate, gira, aquece...
Bandeiras verdes são os melhores sinais. Mas elas nem sempre são avistadas. As amarelas nos dizem muito, mas são as vermelhas que devemos evitar. O objetivo sempre foi a quadriculada. Sempre foi você.
Mesmo se a pole não vir, mesmo se a última colocação for o destino da minha largada. Ultrapasso, acelero, piso fundo até encontrar a linha de chegada. Até encontrar você...

Entre Cabelos e Barba

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

2 comentários: