Pages

Ficção


Ficção

Que vontade inquietante de te ter em meus braços, como ontem. Aquele pequeno tempo atemporal perdido em ondas de rádio. Ou eram ondas de choque, provenientes de meu desfibrilador particular. Que sacode o meu coração ao te ver. Que de tão vibrante, faz eu engolir as palavras inteligentes e prestar atenção apenas em seu sorriso.
Então você vira apenas uma ficção. Contida no pensar de quem te endeusa. Por isso mantenho contido meus segredos. Pois sei que você contém asas nos pés. Forjadas para que em uma suave brisa voe para bem longe, pelos campos afora. Como pássaro na alvorada. Mas cada manhã em um lugar diferente. Longe de quem te prende, ou apenas pretende. 
Sabe aquela coisa gostosa de ir descobrindo o mundo, o universo dentro de cada pessoa? Que de alguma forma contribui para o teu ser. Então, é isso! Me apaixonei por você, assim como nos apaixonamos pela liberdade...
Prometi que iria desbravar o mundo. Sair para conhecer cada canto. Cada estrela, cada cometa. Prometi me perder pela vastidão. Indo do céu profundo ao brilho de cada supernova. Há beleza até mesmo na destruição. Até nas que partem nossos corações. Basta querer ver além do que a visão pode nos mostrar. Basta entender que o fim, pode ser apenas um recomeço.



Condicional - Los Hermanos



"(...)Quis nunca te ganhar
Tanto que forjei
Asas nos teus pés
Ondas pra levar
Deixo desvendar
Todos os mistérios
Sei, tanto te soltei
Que você me quis
Em todo lugar
Lia em cada olhar
Quanta intenção
Que eu vivia preso
Eu sei, é um doce te amar
O amargo é querer-te pra mim
Do que eu preciso é lembrar, me ver
Antes de te ter e de ser teu
O que eu queria, o que eu fazia, o que mais?
Que alguma coisa a gente tem que amar, mas o quê?
Não sei mais
Os dias que eu me vejo só
São dias que eu me encontro mais
E mesmo assim eu sei também
Que existe alguém pra me libertar"

Entre Cabelos e Barba

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário: