Pages

Cartas na mesa

Cartas na mesa

 Eu queria poder rimar, mas palavras não sincronizam assim do modo que queremos. A vida é um eterno descompasso de querer e poder. E com o tempo, apenas com ele, vamos nos acostumando.
 Por algumas vezes fui o amor de alguém, e por outras fui apenas mais um. Já tive alguns amores e várias desilusões, mas quem nunca teve? É um jogo perigoso do qual sempre queremos jogar. Falo por mim quando digo que ainda não perdi a esperança, quem sabe um dia acerte.
 Os dados rolam, a sorte também. Não se desespere por estar em um beco. Pode ser em um beco que vidas sem rumo se encontram. Pode ser até mesmo no fundo do poço, ao se afogar em lágrimas, que seu príncipe encantado em forma de sapo apareça.
 Não é fácil recomeçar. Juntar as peças desmontadas por uma pancada que você nem sabe de onde veio. Mas junte os cacos, remonte o quebra cabeça. Quem nunca se divertiu com as dificuldades de um jogo? São nos enredos mais conturbados que a emoção aparece, então deixe transcender.
 Os melhores jogadores de Poker são os que escondem suas emoções. Os maiores ídolos são os que levam o coração na ponta dos dedos. Escolha as cartas, monte sua estratégia, mas nunca perca a vontade de vencer.

Entre Cabelos e Barba

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário: