Pages

Tons


Tons

Então você trouxe o Sol em tons de verde. E a hora passava devagar quando longe e extremamente rápido quando perto. Foram-se as definições de hora, tempo e espaço. Foram-se os outros mundos e os outros “se”. Pois o “se” já não fazia mais parte do meu vocabulário.
Quero o hoje e o agora. Sem essa de ficar se preocupando com o futuro e com coisas das quais não tenho total controle. Sem essa de deixar de viver para se poupar de sofrimentos, dores... Afinal, é disso que a vida é feita.
Quero cada minuto intenso. Quero cada hora uma vida. Quero uma vida com todos os sentimentos que eu possa sentir. Eu quero gritar, correr, ser feliz. Do meu jeito torto, mas só meu. Quero ser único e igual. Quero sair e estar. Ser e não ser. Incógnita e certeza. Amar e apenas se iludir. Sofrer e sorrir...

Entre Cabelos e Barba

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário: