Pages

Revir - Parte II


Revir - Parte II


Sinto cheiro de outro alguém em minhas roupas. Às vezes tentamos iludir nossa mente com aventuras insanas, com o medo do pensar. Pois o pensar, por muito nos machuca. Mas quando o tempo para, e meus olhos não tem para onde olhar. Seu rosto e seu sorriso vêm ao meu encontro. Sua voz soa baixinho em meus ouvidos, como uma sinfonia que outrora fazia repousar meu coração. E meu coração dispara, fica sem ritmo, sem lugar. Pois lembrar de seus afagos, me deixa assim, sem rumo...
Não te culpo pelas escolhas. Nem sempre acertamos. Sei o que é querer o novo. Experimentar os deleites propostos pela vida. Sei o que é não se conter dentro de si. Querendo sair por ai. E ver cada ser, cada lugar. Cada sorriso e o conquistar. Ah o conquistar...
Sei o que é o prazer da paixão e a paixão de uma noite. Sei de tudo que você pode encontrar. Desde os sutis encontros do acaso, aos ferozes tapas na cara de um erro qualquer. Pois cada mínimo erro jogado a vera, terá conseqüências e cicatrizes.
Mas quem sabe um dia você cresce e percebe que o fazer por fazer, de nada vale. O ir por ir, é em vão. E as vezes o ficar, vale muito mais a pena.

Entre Cabelos e Barba

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário: