Pages

Cidades


Cidades


Doce amargo canto novo. Entre os compassos dançantes e o ritmo frenético. O aroma peculiar de seus grãos. De cor inconfundível junto à luz que acende. Junto ao breu que cai sereno.  Em solidão.
 Frio que chega pela manhã. Trazendo o vento primaveril. Pois as flores regem a orquestra de pássaros. Que marcam os compassos. Borboletas.
 Em meio aos gritantes cânticos desesperados da cidade. Sinfonia perfeita de pneus e descargas. Batuque das fábricas. Efeito sonoro das sirenes. Gráfico efeito das chaminés.
 Vizinhos inóspitos. Aglomerados vazios. Prédios gigantes, de coração frio. Altos picos comerciais. Baixos picos humanos.

 Gente se entende. Se quer comunica. Nem se explica. A distancia é a melhor amiga. Vida sozinha.

Entre Cabelos e Barba

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário: