Pages

Cara estranho

Cara estranho Los Hermanos

Cara estranho


Chego estranho em meio aos iguais. Aos que julgam de forma obrigatória. Que comparam as semelhanças dos que não tem nada a ver.
Difícil achar lugar em meio a tudo isso. Não há como se adaptar em meio a um ambiente tão hostil.
Talvez Deus tenha me dado uma missão um tanto quanto árdua. Viver em meio aos que me odeiam. Talvez seja apenas mais uma batalha de vida ou morte.
Tropeçar em cada problema é de praxe. Errar e errar. Somos compostos de erros, defeitos e lamentações. Duvidas, mais um pouco de erros e às vezes alguns acertos.
De certo modo algumas vezes erramos por usar força de mais. Querer muito o que não está a nossa altura. Ir com ímpeto ao objetivo, por falta de experiência e ingenuidade.
Mas nunca deixamos de exibir a frente um coração. O que nos mantém humanos. Falhos, mas sentimentais. Mas quando nos arrancam pedaços. Dividir com alguém, nunca mais será possível.
Ter tudo sempre a sua mão. É mais difícil de controlar. De saber o que fazer, por onde seguir.
Nossa cruz sempre colocamos a frete de todos. Pois sempre nos é mais pesada que de qualquer um.
Moldar nossa imagem de forma que ela seja apresentável. Ser um rapaz de bem. Pedir aprovação aos que não deveríamos nem olhar. E são eles que nos apontam a direção.
E assim, quando vamos nos encontrar? Quando vamos perceber?
Que sempre fugimos do lugar, tentando apenas nos esconder. Talvez se tentarmos não ser aquele rapaz de bem. "Aquele que vence a briga sem suar. E ganha os aplausos sem querer". Possamos ficar, nos achar, ser, viver.
Pois jogamos sempre o mesmo jogo. Aquele que o mundo acha que nos conhece. Conhece um pouco do nosso lado ruim, pois é sempre esse que eles fazem questão de conhecer. E é por isso que muitas vezes encolhemos o peito e nos afugentamos. Fingindo que o problema não é nosso. Apenas para não perdermos aquilo que já temos.

Entre Cabelos e Barba

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário: