Pages

Alta vontade

Café Coffee

Alta vontade


A chuva novamente cai lá fora.
E você por onde andas?
Quero-te aqui, agora.
Perto de mim.
No aconchego de meus braços.
Em nosso leito de amor.
Ritmo de poesia.
Doce cântico exagerado.
Pois sem te ter,
só gritos de desespero.
O cheiro inconfundível
de sua pele,
chega as minhas narinas.
A vontade aumenta.
Só o que me resta,
é a quentura de meu forte café.
E a doce solidão de suas lembranças.

Entre Cabelos e Barba

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário: