Pages

Maré alta



 A afeição que seus olhos transmitem, embala a aflição que à mim emitem. É nesse barco semi-encantando, que nos vejo sendo arrastados. E o vento nos carrega como braços.  Para ambos os lados, até entrarmos em conflitos. Que com um simples agito, nos derruba. Tornando-nos míseros náufragos.

 Em meio a esse confronto, me reencontro trilhando o caminho da vida. Que com idas e vindas, estilhaçam-me ao chão. Mas sigo meu caminho sonhando. Que nossos destinos voltem a cruzar nossos olhos, com a mesma afeição.

Emília Pugno

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário: