Pages

No pulo do gato


No pulo do gato



Já imaginou um mundo sem dor, sem ódio
Sem guerras, sem rancor
Sem tiros, sem bombas
Sem brigas, sem lanças.
Já imaginou o mundo de uma só etnia
Como seria?
Liberdade, sem agonia
Já imaginou ser feliz
Todo dia
Com um sorriso
Com simpatia
No balanço do vento
Ao som da esperança
No olhar de uma criança
Sem sede
Sem fome
Sem doença
Sem crença
Uma só voz
O povo não grita
Fala
Conversa
Se entende
Sem mais tenente
Nem gerente
Somos donos de nós mesmos
Somos donos de nossos futuros
Nossos filhos
E nosso orgulho

Entre Cabelos e Barba

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário: