Pages

Vida de arte - Obra da vida


Vida de arte - Obra da vida

 Minha vida é um apanhado de baboseiras. Destruíram algumas de minhas fantasias quando criança. Outras insistiram que eu permanecesse com elas.
  Fizeram um esboço boçal do que era para ser minha jornada. Desenharam um futuro reto, feito de preto em uma folha branca. Tradicional tem que ser - diziam os adeptos ao realismo - ou melhor, ao “chatismo”.
 Pois um ponto fora do lugar é motivo para julgamentos negativos. Uma mancha de café no papel é motivo para reprovação. Uma mancha no branco, de brancos que nem são tão brancos assim. É motivo para que você tenha que começar tudo de novo. Em outro lugar. Pois os adeptos ao “chatismo” jamais aceitariam algo assim.
 Os chatos sabem que são chatos. E por serem chatos, querem que todos sejam assim. Mas nunca vão admitir isso. Preferem se dizer donos da moral e da verdade. Mas são apenas frutos de sonhos não realizados. Surrealismos não transportados. Pinturas inacabadas. Obras de arte sem publico...

Entre Cabelos e Barba

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário: